Quarta Igreja Presbiteriana de Suzano Igreje Presbiteriana do Brasil

Mensagens

ANIVERSÁRIO - AGRADECER E AVALIAR

Indique para um amigo

Seu nome:
E-mail amigo:
Enviar
Data: 14/08/2014

Temos comemorado ao longo do mês de agosto com tema missões em foco, o aniversário de nossa amada IPB, pelos seus 155 anos. Desde a chegada de Ashbel Green Simonton ao Brasil e com ele o evangelho na perspectiva reformada.

“Em momentos como esse é comum olharmos pelo retrovisor da história e buscarmos contemplar nossa trajetória, rever nossa história rica em nuances variadas, em momentos de tristeza e de alegria, de conflitos e paz, de avanço e retrocesso, isso é comum na história de todas as instituições. A igreja é uma instituição de origem divina, mas é conduzida por humanos suscetíveis a erros e enganos, a falhas e equívocos.

Se não nos furtamos a sinceridade,  falando numericamente, parece que não crescemos tanto quanto gostaríamos de ter crescido. Se olharmos, por exemplo, para algumas denominações que vieram bem depois de nós e que estão, numericamente falando bem mais representadas, somos então levados a questionar nossa atuação em solo pátrio.

O que teria acontecido? Temos uma sã doutrina, um corpo doutrinário teológico bíblico e harmonioso que pode fazer com que a liturgia que praticamos seja igualmente saudável. Temos um excelente relacionamento com outras denominações históricas.

A resposta não é fácil. Todavia, devemos frisar que, se numericamente não crescemos como outros segmentos dentro do evangelicalismo nacional, pelo menos nossa denominação se mantém fiel aos seus postulados teológicos. Com algumas pequeníssimas exceções. Nossa denominação é marcada por certa uniformidade. Ainda que surjam, aqui e acolá, alguns grupos que procurem ser diferentes e até antagônicos, saindo do centro e do equilíbrio, esses movimentos não perduram. A verdade é que a IPB não deixa seduzir por números. Não temos compromisso com a popularidade e nem com o populismo. A IPB tem compromisso sério, intransferível, impostergável com a verdade que é a Palavra de Deus. Jesus ao orar por seus discípulos disse ao Pai: “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade” (JO17:17).

A IPB não negocia a verdade. Não abrimos mãos dos postulados da Reforma – Sola Scripturae, Solo Chistus, Sola Fidei, Sola Gratia, Soli Deo Gloria, o Sacerdócio Universal dos Crentes. Não negociamos o principio da Autoridade Única e Intrínseca da Bíblia, a Pregação fiel das Escrituras Sagradas e a Aplicação Biblica da Disciplina. Não receamos os números. Não somos numerofóbicos, mas também não cometemos o equivoco da numerolatria que seduz e faz com que a verdade seja maquiada, receba adereços, seja mutante e relativizada. A IPB continua pregando o evangelho das Escrituras porque outro evangelho produz outro discípulo e não o que Cristo espera ter”. (Mt.28:18-20).

Parabenizamos a todos os presbiterianos pelos anos de evangelismo em solo brasileiro, somos os continuadores desta árdua tarefa que Jesus nos entregou. “Ide e pregai”, sirvamos a Cristo com alegria e dedicação.

 

 

 

TRANSCRITO DE OUTRA FONTE E ADAPTADO. Rev. Saulo Monteiro da Silva.